PCR e UPE fortalecem integração de ensino com os serviços de saúde

Profissionais da rede de saúde do Recife, estudantes e professores da Universidade de Pernambuco (UPE) começam a atuar, neste mês, em um projeto que visa fortalecer a integração entre serviço, comunidade e ensino dentro do Sistema Único de Saúde (SUS).

O trabalho foi um dos 120 aprovados no Brasil todo pelo Ministério da Saúde, para fazer parte do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET Saúde), cuja temática é a Interprofissionalidade. A Secretaria de Saúde do Recife e a UPE lançaram o projeto no dia 24/04, na Faculdade de Ciências Médicas da UPE (FCM).

Presente na solenidade de lançamento, o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, destacou o caráter integrado do trabalho selecionado. “Este é mais um reforço das ações de educação no município. A iniciativa, que aproxima a Prefeitura da UPE, visa a formação de pessoas e, consequentemente, o aprimoramento dos nossos serviços. Entendemos o cuidado em saúde diretamente ligado ao cuidado interprofissional,” afirmou o gestor.

Intitulado “A formação interprofissional na saúde na UPE e o trabalho em equipe colaborativo no SUS Recife – uma perspectiva da atenção integral em rede”, o projeto vai inserir, pelos próximos dois anos, estudantes e profissionais residentes dos seis cursos de saúde da UPE (Medicina, Enfermagem, Odontologia, Ciências Biológicas, Educação Física e Saúde Coletiva) no território dos Distritos Sanitários 2, 3 e 7, para desenvolver atividades teóricas e práticas.

O projeto conta, ao todo, com 71 participantes de diversas categorias profissionais dos seis cursos, profissionais que atuam na rede municipal de saúde, estudantes bolsistas e voluntários.

Fonte: Prefeitura do Recife.